Automóvel
 
Especialista Richard Lothholz

Revolução na iluminação de veículos: Entrevista com Richard Lothholz, especialista automotivo da OSRAM

Richard Lothholz, especialista automotivo da OSRAM, sobre a revolução da iluminação em veículos

01.07.2015

Muitas coisas aconteceram na área de iluminação automotiva nos últimos anos. Modernas tecnologias, como LED, OLED e laser, contribuíram bastante para os avanços. Richard Lothholz, Chefe Global de Vendas de Lâmpadas Automotivas e LED na OSRAM, responde a perguntas sobre o desenvolvimento da tecnologia de iluminação automotiva.

O desenvolvimento da tecnologia de iluminação em carros foi relativamente lento entre a era do petróleo e a era do xenônio. Agora parece que ele está ocorrendo em uma progressão alucinante (LED, Matriz de LEDs e laser). Na sua opinião, existem motivos técnicos e/ou econômicos para isso?

Antes de tudo, vocês devem saber que o LED e as tecnologias relacionadas a este desenvolvimento, como OLED ou laser, estão na realidade se espalhando pelo setor de iluminação como um todo. Desse modo, o LED não constitui um fenômeno puramente automotivo. A despeito disso, as tecnologias de LED apresentam pontos positivos especiais, que são o motivo de sua predestinação para uso em veículos. Em primeiro lugar: A luz de LED é extremamente controlável. De forma similar à Iluminação matricial, é possível iluminar áreas individuais de forma muito focada, ou não conforme o caso, se, por exemplo, se deseja evitar ofuscamento do tráfego no sentido oposto. Em segundo lugar: a cor da luz de LED pode ser mudada. Esta característica é especialmente importante no interior do veículo. Em terceiro lugar: A luz de LED consome pouca energia. Este argumento será importante em carros elétricos, nos quais cada quilômetro de percurso e, portanto, cada watt de energia consumido, conta. Entretanto, temos acompanhado um desenvolvimento contínuo ao longo dos anos. Os faróis de LED não constituem nenhuma novidade, mas estão atraindo um enorme interesse atualmente. Mesmo nos dias de hoje, a iluminação de xenônio ainda é um item opcional atraente e procurado por muitos motoristas.

Como você avalia o desenvolvimento futuro dos faróis de LED em termos da expansão de seu uso em carros? O LED vai substituir a tecnologia de xenônio como principal opção? Os faróis de LED também vão se tornar o padrão na categoria de pequeno porte e sensível a preços no futuro?

Como padrão, os carros sempre oferecem equipamentos básicos e um ou mais upgrades de iluminação como adicionais opcionais. Hoje em dia, os equipamentos básicos incluem normalmente lâmpadas halógenas, com as lâmpadas de xenônio como itens opcionais. Os produtos de xenônio já são fornecidos como equipamento básico em alguns carros. Porém, nós certamente veremos uma participação significativamente maior de faróis de LED como itens adicionais opcionais nos próximos anos, seja como faróis de LED completos normais ou como luzes matriciais nas categorias superiores de veículos.

Como você avalia o papel futuro do facho alto de laser? Até o momento, esta tecnologia tem estado limitada a carros de luxo, sendo oferecida somente por dois fabricantes de carros. Esta situação vai mudar? Ou o desenvolvimento futuro das tecnologias de LED vai finalmente tornar o laser obsoleto? A OSRAM está trabalhando atualmente no desenvolvimento futuro desta tecnologia?

Achamos que o futuro da iluminação terá várias frentes. Certamente haverá mais carros com a tecnologia de laser nas vias, inicialmente nas categorias superiores principalmente.

A tecnologia de laser ainda se encontra no início de sei desenvolvimento técnico e ainda tem um enorme potencial. Todavia, a solução padrão do futuro será certamente baseada nas tecnologias de LED. Por exemplo, a BMW apresentou seu modelo BMW M4 Concept Iconic Lights, no segundo trimestre, na CES em Las Vegas, que também estava equipado com laser.

O que nos agrada: A OSRAM é atualmente a única fabricante cujo módulo de laser foi utilizado em veículos de produção em massa.

O desenvolvimento da tecnologia de iluminação em carros foi relativamente lento entre a era do petróleo e a era do xenônio. Agora parece que ele está ocorrendo em uma progressão alucinante (LED, Matriz de LEDs e laser). Na sua opinião, existem motivos técnicos e/ou econômicos para isso?

Antes de tudo, vocês devem saber que o LED e as tecnologias relacionadas a este desenvolvimento, como OLED ou laser, estão na realidade se espalhando pelo setor de iluminação como um todo. Desse modo, o LED não constitui um fenômeno puramente automotivo. A despeito disso, as tecnologias de LED apresentam pontos positivos especiais, que são o motivo de sua predestinação para uso em veículos. Em primeiro lugar: A luz de LED é extremamente controlável. De forma similar à Iluminação matricial, é possível iluminar áreas individuais de forma muito focada, ou não conforme o caso, se, por exemplo, se deseja evitar ofuscamento do tráfego no sentido oposto. Em segundo lugar: a cor da luz de LED pode ser mudada. Esta característica é especialmente importante no interior do veículo. Em terceiro lugar: A luz de LED consome pouca energia. Este argumento será importante em carros elétricos, nos quais cada quilômetro de percurso e, portanto, cada watt de energia consumido, conta. Entretanto, temos acompanhado um desenvolvimento contínuo ao longo dos anos. Os faróis de LED não constituem nenhuma novidade, mas estão atraindo um enorme interesse atualmente. Mesmo nos dias de hoje, a iluminação de xenônio ainda é um item opcional atraente e procurado por muitos motoristas.

Como você avalia o desenvolvimento futuro dos faróis de LED em termos da expansão de seu uso em carros? O LED vai substituir a tecnologia de xenônio como principal opção? Os faróis de LED também vão se tornar o padrão na categoria de pequeno porte e sensível a preços no futuro?

Como padrão, os carros sempre oferecem equipamentos básicos e um ou mais upgrades de iluminação como adicionais opcionais. Hoje em dia, os equipamentos básicos incluem normalmente lâmpadas halógenas, com as lâmpadas de xenônio como itens opcionais. Os produtos de xenônio já são fornecidos como equipamento básico em alguns carros. Porém, nós certamente veremos uma participação significativamente maior de faróis de LED como itens adicionais opcionais nos próximos anos, seja como faróis de LED completos normais ou como luzes matriciais nas categorias superiores de veículos.

Como você avalia o papel futuro do facho alto de laser? Até o momento, esta tecnologia tem estado limitada a carros de luxo, sendo oferecida somente por dois fabricantes de carros. Esta situação vai mudar? Ou o desenvolvimento futuro das tecnologias de LED vai finalmente tornar o laser obsoleto? A OSRAM está trabalhando atualmente no desenvolvimento futuro desta tecnologia?

Achamos que o futuro da iluminação terá várias frentes. Certamente haverá mais carros com a tecnologia de laser nas vias, inicialmente nas categorias superiores principalmente.

A tecnologia de laser ainda se encontra no início de sei desenvolvimento técnico e ainda tem um enorme potencial. Todavia, a solução padrão do futuro será certamente baseada nas tecnologias de LED. Por exemplo, a BMW apresentou seu modelo BMW M4 Concept Iconic Lights, no segundo trimestre, na CES em Las Vegas, que também estava equipado com laser.

O que nos agrada: A OSRAM é atualmente a única fabricante cujo módulo de laser foi utilizado em veículos de produção em massa.

O desenvolvimento da tecnologia de iluminação em carros foi relativamente lento entre a era do petróleo e a era do xenônio. Agora parece que ele está ocorrendo em uma progressão alucinante (LED, Matriz de LEDs e laser). Na sua opinião, existem motivos técnicos e/ou econômicos para isso?

Antes de tudo, vocês devem saber que o LED e as tecnologias relacionadas a este desenvolvimento, como OLED ou laser, estão na realidade se espalhando pelo setor de iluminação como um todo. Desse modo, o LED não constitui um fenômeno puramente automotivo. A despeito disso, as tecnologias de LED apresentam pontos positivos especiais, que são o motivo de sua predestinação para uso em veículos. Em primeiro lugar: A luz de LED é extremamente controlável. De forma similar à Iluminação matricial, é possível iluminar áreas individuais de forma muito focada, ou não conforme o caso, se, por exemplo, se deseja evitar ofuscamento do tráfego no sentido oposto. Em segundo lugar: a cor da luz de LED pode ser mudada. Esta característica é especialmente importante no interior do veículo. Em terceiro lugar: A luz de LED consome pouca energia. Este argumento será importante em carros elétricos, nos quais cada quilômetro de percurso e, portanto, cada watt de energia consumido, conta. Entretanto, temos acompanhado um desenvolvimento contínuo ao longo dos anos. Os faróis de LED não constituem nenhuma novidade, mas estão atraindo um enorme interesse atualmente. Mesmo nos dias de hoje, a iluminação de xenônio ainda é um item opcional atraente e procurado por muitos motoristas.

Como você avalia o desenvolvimento futuro dos faróis de LED em termos da expansão de seu uso em carros? O LED vai substituir a tecnologia de xenônio como principal opção? Os faróis de LED também vão se tornar o padrão na categoria de pequeno porte e sensível a preços no futuro?

Como padrão, os carros sempre oferecem equipamentos básicos e um ou mais upgrades de iluminação como adicionais opcionais. Hoje em dia, os equipamentos básicos incluem normalmente lâmpadas halógenas, com as lâmpadas de xenônio como itens opcionais. Os produtos de xenônio já são fornecidos como equipamento básico em alguns carros. Porém, nós certamente veremos uma participação significativamente maior de faróis de LED como itens adicionais opcionais nos próximos anos, seja como faróis de LED completos normais ou como luzes matriciais nas categorias superiores de veículos.

Como você avalia o papel futuro do facho alto de laser? Até o momento, esta tecnologia tem estado limitada a carros de luxo, sendo oferecida somente por dois fabricantes de carros. Esta situação vai mudar? Ou o desenvolvimento futuro das tecnologias de LED vai finalmente tornar o laser obsoleto? A OSRAM está trabalhando atualmente no desenvolvimento futuro desta tecnologia?

Achamos que o futuro da iluminação terá várias frentes. Certamente haverá mais carros com a tecnologia de laser nas vias, inicialmente nas categorias superiores principalmente.

A tecnologia de laser ainda se encontra no início de sei desenvolvimento técnico e ainda tem um enorme potencial. Todavia, a solução padrão do futuro será certamente baseada nas tecnologias de LED. Por exemplo, a BMW apresentou seu modelo BMW M4 Concept Iconic Lights, no segundo trimestre, na CES em Las Vegas, que também estava equipado com laser.

O que nos agrada: A OSRAM é atualmente a única fabricante cujo módulo de laser foi utilizado em veículos de produção em massa.

O desenvolvimento da tecnologia de iluminação em carros foi relativamente lento entre a era do petróleo e a era do xenônio. Agora parece que ele está ocorrendo em uma progressão alucinante (LED, Matriz de LEDs e laser). Na sua opinião, existem motivos técnicos e/ou econômicos para isso?

Antes de tudo, vocês devem saber que o LED e as tecnologias relacionadas a este desenvolvimento, como OLED ou laser, estão na realidade se espalhando pelo setor de iluminação como um todo. Desse modo, o LED não constitui um fenômeno puramente automotivo. A despeito disso, as tecnologias de LED apresentam pontos positivos especiais, que são o motivo de sua predestinação para uso em veículos. Em primeiro lugar: A luz de LED é extremamente controlável. De forma similar à Iluminação matricial, é possível iluminar áreas individuais de forma muito focada, ou não conforme o caso, se, por exemplo, se deseja evitar ofuscamento do tráfego no sentido oposto. Em segundo lugar: a cor da luz de LED pode ser mudada. Esta característica é especialmente importante no interior do veículo. Em terceiro lugar: A luz de LED consome pouca energia. Este argumento será importante em carros elétricos, nos quais cada quilômetro de percurso e, portanto, cada watt de energia consumido, conta. Entretanto, temos acompanhado um desenvolvimento contínuo ao longo dos anos. Os faróis de LED não constituem nenhuma novidade, mas estão atraindo um enorme interesse atualmente. Mesmo nos dias de hoje, a iluminação de xenônio ainda é um item opcional atraente e procurado por muitos motoristas.

Como você avalia o desenvolvimento futuro dos faróis de LED em termos da expansão de seu uso em carros? O LED vai substituir a tecnologia de xenônio como principal opção? Os faróis de LED também vão se tornar o padrão na categoria de pequeno porte e sensível a preços no futuro?

Como padrão, os carros sempre oferecem equipamentos básicos e um ou mais upgrades de iluminação como adicionais opcionais. Hoje em dia, os equipamentos básicos incluem normalmente lâmpadas halógenas, com as lâmpadas de xenônio como itens opcionais. Os produtos de xenônio já são fornecidos como equipamento básico em alguns carros. Porém, nós certamente veremos uma participação significativamente maior de faróis de LED como itens adicionais opcionais nos próximos anos, seja como faróis de LED completos normais ou como luzes matriciais nas categorias superiores de veículos.

Como você avalia o papel futuro do facho alto de laser? Até o momento, esta tecnologia tem estado limitada a carros de luxo, sendo oferecida somente por dois fabricantes de carros. Esta situação vai mudar? Ou o desenvolvimento futuro das tecnologias de LED vai finalmente tornar o laser obsoleto? A OSRAM está trabalhando atualmente no desenvolvimento futuro desta tecnologia?

Achamos que o futuro da iluminação terá várias frentes. Certamente haverá mais carros com a tecnologia de laser nas vias, inicialmente nas categorias superiores principalmente.

A tecnologia de laser ainda se encontra no início de sei desenvolvimento técnico e ainda tem um enorme potencial. Todavia, a solução padrão do futuro será certamente baseada nas tecnologias de LED. Por exemplo, a BMW apresentou seu modelo BMW M4 Concept Iconic Lights, no segundo trimestre, na CES em Las Vegas, que também estava equipado com laser.

O que nos agrada: A OSRAM é atualmente a única fabricante cujo módulo de laser foi utilizado em veículos de produção em massa.